O que é o Inbound Marketing?

O que é o Inbound Marketing?

O que é o Inbound Marketing?

O Inbound Marketing está a tornar-se uma das metodologias mais debatidas e utilizadas no ambiente digital, sendo visto como uma boa alternativa ao marketing tradicional, que já revela sinais de esgotamento há algum tempo. Mas ainda existe um certo desconhecimento sobre como o Inbound Marketing pode gerar resultados financeiros sólidos para empresas e negócios.

O objetivo deste artigo é explicar esta metodologia e mostrar as principais diferenças existentes entre a abordagem tradicional do marketing. Pretendemos mostrar quais são as etapas trabalhadas no Inbound Marketing e demonstrar quais são as melhores práticas para cada uma delas, trazendo exemplos que têm que ser aplicados no seu blog e site.

Antes de mais, é preciso responder à pergunta principal: o que é Inbound Marketing? Inbound Marketing é um novo modelo de Marketing centrado na atração de tráfego qualificado para a sua empresa ou negócio, através de técnicas que envolvem a produção e gestão de conteúdo em blogs, podcasts, vídeos, ebooks, newsletters, whitepapers, SEO, entre muitas outras possibilidades.

O modelo tradicional de marketing é baseado no chamado marketing de interrupção, onde são utilizadas técnicas que interrompem o fluxo de atenção da pessoa que está a consumir o conteúdo. Quando está a ler uma revista e de repente surge uma página inteira de anúncios, ou então quando está a ver um programa de televisão e é interrompido por uma publicidade, ou até mesmo as publicidades no YouTube ou banners em sites e blogs? Tudo isto é marketing intrusivo.

Mas porquê que o modelo tradicional de marketing, não funciona? Porque depois de anos e anos a consumir os tais anúncios, nós aprendemos a ignorá-los e agora eles não possuem a mesma efetividade. A publicidade de hoje em dia está a enfrentar o desafio de se reinventar para proporcionar conteúdo de qualidade, conteúdo que importa e que o utilizador quer consumir. É aí que entra o Inbound Marketing!

 

 

O Inbound Marketing está a revelar-se como uma estratégia inovadora, pois tem o objetivo de atrair o interesse das pessoas em vez de simplesmente comprá-las, como acontecia no marketing tradicional. O Inbound trabalha na produção de conteúdo realmente valioso para o cliente, conteúdo que pode ser encontrado e consumido facilmente por ele.

Inbound Marketing é disponibilizar conteúdo de alta qualidade e que se encaixa perfeitamente nas necessidades e desejos do seu cliente, criando uma relação duradoura de confiança e agregando valor para a sua presença digital.

O Inbound Marketing é centrado no cliente e nos seus interesses. As técnicas utilizadas pelo marketing tradicional, como Spam e Cold calling, que é quando uma empresa liga para uma série de clientes em massa sem os conhecer, mostram-se pouco efetivas quando comparadas às técnicas de Inbound Marketing.

O Inbound atua no processo inverso, ou seja, em vez de ser você a chegar ao seu cliente, é o cliente que chega até si e fornece informações valiosas sobre ele, que podem ser conseguidas facilmente através de formulários, landing pages, pesquisas e softwares.

Agora que já percebemos as diferenças entre Inbound Marketing e Marketing Tradicional, é hora de partir para algo mais avançado: quais são as etapas da metodologia Inbound?

 

Metodologia Inbound

Atrair (gerar tráfego)

Na primeira etapa, a de Atrair, deve produzir-se conteúdo para ser encontrado na internet, através das Redes Sociais, do site e blog, gerando tráfego de qualidade. Nesta etapa, o seu potencial cliente ainda não conhece a sua empresa, mas ela pode ser encontrada pelo potencial cliente através de conteúdos do seu interesse e que ele já está à procura na Internet.

 

Converter (transformar visitantes em leads)

Agora que já se transformou a audiência em visitantes, a segunda etapa é fazer com que eles se tornem contactos qualificados, os chamados Leads! Para que se consiga transformá-los em leads é preciso adotar diversas estratégias, como o preenchimento de formulários, o uso de Landing Pages, Calls-to-action e assim por diante. Assim, conclui-se a etapa “Converter” obtendo informações importantes sobre os visitantes!

Fechar (converter leads em clientes)

Agora vem a etapa mais importante, a de transformar os contatos qualificados, os leads, em clientes! Nesta fase, é muito importante a utilização de um CRM Social, que contenha informações a respeito dos seus leads (que conseguimos na etapa anterior), como o nome, e-mail, quantidade de conversões no site, cargo, empresa, interesses e qualquer outra informação que se considere essencial. Aqui reside a principal vantagem do Inbound Marketing, pois está-se munido de informações estratégicas sobre os leads, sabendo quais os conteúdos que eles querem consumir e o momento certo para fechar uma venda. Neste sentido, trabalhar bem com e-mail marketing é um ponto de diferenciação para que se consiga convencer o cliente a comprar o nosso produto ou serviço!

 

Fidelizar (proporcionar a melhor experiência ao cliente)

Pronto, está transformado um lead em cliente! Agora, a missão é fidelizar esse cliente e fazer com que ele tenha uma experiência única com a marca. Lembre-se: quando adquirimos um produto ou serviço, não estamos a comprar apenas algo material. Estamos a comprar uma experiência. Por isso, forneça sempre conteúdo personalizado para esses clientes, produza ebooks de alta qualidade e procure sempre avaliar a satisfação do seu cliente através de pesquisas que avaliem como é a experiência construída entre o cliente e a sua empresa!

Achou o nosso artigo interessante? Partilhe connosco as suas dúvidas e sugestões! 

Partilha este artigo nas tuas redes sociais

Comentários (0)

  • userICONSULTING
    Este artigo ainda não tem comentários.

    Adicione já o seu

Escreva o seu comentário ...