7 Dicas para internacionalizar o meu negócio de calçado

7 Dicas para internacionalizar o meu negócio de calçado

7 Dicas para internacionalizar o meu negócio de calçado

Internacionalizar, voar além-fronteiras, aventurar-se na panóplia de oportunidades que os novos mercados oferecem.

Quem nunca desejou conquistar os mercados do mundo?

O comércio internacional está cheio de oportunidades e o sector da moda e calçado português é cada vez mais respeitado e desejado. Quando olhamos para fora, o nosso público é o Mundo e todos temos o nosso espaço para brilhar.

Hoje em dia, graças á globalização, conquistar novos mercados não é impedimento para os empresários.

Estas são as 7 dicas sobre como internacionalizar o seu negócio

 

  • Faça um check up à sua empresa. Perceba quais os seus pontos fortes, os pontos fracos, qual a sua diferenciação no mercado nacional e internacional. Em suma, faça uma análise swot à sua empresa face ao mercado internacional e defina a sua estratégia.

 

  • Defina um plano de internacionalização. Peça ajuda, analise a concorrência e alie-se aos melhores. Neste momento, temos a desenvolver-se em Portugal, o FAMEST, que segundo os próprios, visa estudar e desenvolver o mercado da moda e calçado, inovando, qualificando e internacionalizando.

 

  • Conheça o mercado internacional só assim pode ajustar o seu produto, a comunicação e os preços. Cada país tem as suas especificidades e alguns simplesmente não servem para o seu negócio.

 

  • Avalie a logística e os meios de transporte a não ser que tenha um produto exclusivamente digital. Apesar de cada vez ser mais fácil e rápido assegurarmos um serviço de entregas, tenha sempre em conta as especificidades legais da exportação para cada país, bem como os custos associados. Isso também vai influenciar os seus preços.

 

  • Supere barreiras, sejam linguísticas, alfandegárias, legais ou organizacionais. Quando decidiu enveredar pelo caminho da internacionalização, assumiu-se uma pessoa resiliente. As burocracias internacionais são difíceis, mas nada é impossível. Faça parcerias, conheça empresários locais e tire duvidas, não se esqueça de estudar a cultura e nunca desista.

 

 

  • Use e abuse dos apoios nacionais à internacionalização. O Portugal 2020 tem financiamentos com características muito apelativas que podem assegurar aquele impulso que faltava. Apoios para feiras, marketing e comunicação e melhoria dos processos de produção são apenas alguns dos contemplados. E se existem, nada melhor do que os aproveitar.

 

Acima de tudo, permita-se crescer e explorar o desconhecido. Rodeie-se de pessoas que sejam uma mais valia para o seu objetivo que é conquistar os mercados internacionais e não tenha medo de procurar ajuda especializada.

Agora que já sabe as 7 dicas para internacionalizar o seu negócio, gostava de saber quais são os países que mais importam calçado português? 

 

Partilha este artigo nas tuas redes sociais

Comentários (0)

  • userICONSULTING
    Este artigo ainda não tem comentários.

    Adicione já o seu

Escreva o seu comentário ...